“A magnífica obra de P. Descarte”, por Pedro Sasse

“Quando recebi o telegrama oficial com o pedido da então Secretaria de Cultura, devo admitir, fiquei deveras surpreso. Minha reação primeira, aquela que se nos vem direto do peito, foi negar. Quase cheguei a rasgá-lo, crendo-o fruto da maior alucinação que o poder pode levar a esses recém-formados governos. Um copo de um bom maltado e algumas páginas de Quixote me levaram, contudo, a pensamentos mais brandos. Resolvi por aceitar a organização de uma edição crítica da obra de P. Descarte, não pelo pagamento que me propunham – minha esposa, contudo, animou-se com o cheque recebido dias mais tarde – mas por motivos ainda difíceis de pronunciar na fonética emaranhada de minha psicologia.”

Ler “A magnífica obra de P. Descarte”

Mais sobre o autor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s