“Ainda não”, por Luciano Cabral

“(ele afasta a mão da prostituta mais uma vez) passei anos me tratando, um tempo depois, conheci Clarice, era escritora, de coração selvagem, muito inteligente, escrevia mal mas eu achava, eu achava que a gente podia se dar bem, a gente se dava bem, mas ela ficava olhando as estrelas à noite, dizia que estavaContinuar lendo ““Ainda não”, por Luciano Cabral”

Caixas de sobra – Ep. 31

[Quer ler os episódios anteriores? Clique aqui] conheça teus inimigos, apareça nos pontos onde o inimigo terá que se apressar para se defender e marche rapidamente para lugares inesperados, cala boca cala boca cala boca cala boca. ‘não estou falando nada’ ‘está sim, cala a boca’ as motocicletas correm na direção do carro, eu eContinuar lendo “Caixas de sobra – Ep. 31”

Caixas de sobra – Ep. 30

[Quer ler os episódios anteriores? Clique aqui] Suor escorrendo no buço A cabana mais escura, a madeira iluminada pela lâmpada incandescente meio morta Os três, de pé, a porta se abre Ele está nervoso, ele está com medo             Do lado de fora, cheiro de mato. Sons de grilos e cigarras.             Sua mão encontraContinuar lendo “Caixas de sobra – Ep. 30”

“Nunca se esqueça”, de Lucas M. Carvalho

A princípio, o tema Amor pode dar a impressão que o ciclo de contos será uma recorrência de relatos românticos, desses que nem os mais apaixonados amantes aguentam mais escutar. Uma de nossas premissas, contudo, é evitar o lugar-comum. Sendo assim, não espere, ao longo das próximas semanas, histórias convencionais de amor, pois ele surgiráContinuar lendo ““Nunca se esqueça”, de Lucas M. Carvalho”

Polistórias: Amor

Amor é uma questão, sem dúvida. Para os gregos, parecia ser fundamental, tanto que cunharam, logo de cara, quatro palavras diferentes (e eles tem mais) pra não faltar amor para ninguém. Aqueles que sempre estão por perto nos momentos de aperto, aqueles que abraçam apertado, que sempre aparecem nas fotos com grandes risos e grandesContinuar lendo “Polistórias: Amor”

“Ovelhas elétricas”, por Luciano Cabral

“é possível notar alterações na cor da pele do rosto e do pescoço principalmente, o corpo humano também produz secreções, a mais importante a se imitar, porque mais visível, é o suor, que comprova o esforço físico dispensado ao ato, o suor é o elemento que atesta a veracidade da energia dispensada, a quantidade eContinuar lendo ““Ovelhas elétricas”, por Luciano Cabral”

Caixas de Sobra – Ep. 29

[Quer ler os episódios anteriores? Clique aqui] Passado e presente se confundiam em um espiral de vozes e imagens. A fogueira e cantoria da vila. O dia das crianças no shopping. A primeira entrega. Pandora e sua mania de conversas com os personagens da TV. Os pedaços de corpo no hotel. Os gemidos abafados atrásContinuar lendo “Caixas de Sobra – Ep. 29”

Poligrafia Revista – Ed. 04

A quarta edição do Poligrafia Revista já está disponível. Nesse número, trazemos cinco narrativas sobre o comportamento humano em uma situação extrema. Abordando uma mesma situação de confinamento em um misterioso acidente de metrô, nossos cinco autores desenvolvem suas narrativas abordando diferentes perspectivas do evento. Há ainda mais cinco episódios do Caixa de Sobras, nosso folhetim digital,Continuar lendo “Poligrafia Revista – Ed. 04”

“I.H.P.I.H.P”, por Gabriel Sant’Ana

“As atuais pesquisas do Instituto de Progressos Educativos determinam que sejam desenvolvidas competências cognitivas e socioemocionais, sendo necessária uma reformulação dos currículos, grades de horários, arquitetura físico-mental dos equipamentos escolares. Fica determinado o fim do uso da palavra “escola”. Todos os espaços deverão ser responsáveis pelo desenvolvimento cognitivo e socioemocional dos cidadãos, de acordo comContinuar lendo ““I.H.P.I.H.P”, por Gabriel Sant’Ana”

Caixas de sobra – Ep. 25

[Se ainda não viu os últimos capítulos, clique aqui] O chefe não chega. O sol se esgueira por traz da folhagem densa, deixando raios esparsos serpenteando pelo chão. As aves de canto trocam turno com as de rapina e o assobio relaxante do vento se enche de frio. Chegar. Entregar. Sair. A quebra de planosContinuar lendo “Caixas de sobra – Ep. 25”