Projetos

POLISCRITO

A ideia do projeto Poliscrito funde dois princípios que inegavelmente fazem parte da produção contemporânea de ficção: a narrativa seriada, popularizada principalmente através das séries de TV (mas também populares na forma de novelas, quadrinhos e até alguns jogos narrativos modernos como Life is Strange) e a narrativa coletiva, em que diferentes autores se intercalam na escrita de uma mesma obra, marcando-a com seus próprios estilos, enfoques e enredos.

Dessa forma, desejamos com o Poliscrito, produzir narrativas longas (sem um encerramento previsto) que serão semanalmente postadas no blog. Cada episódio dessa narrativa é escrito por um dos membros do blog, que se alternam em uma ordem estabelecida para manter a maior distância entre os estilos de escrita. Com o tempo, conhecendo como cada um de nós escreve, será possível ver formar-se um ritmo próprio da narrativa, que oscilará entre escritas memorialistas, fluxos de pensamento, ação, suspense e violência.

Para inaugurar nosso projeto (e ao longo dos próximos meses), o Poliscrito escolhido é Caixas de Sobra. A história seguirá a vida de um vendedor decadente entre um colapso nervoso e uma crise existencial, buscando na estrada o sentido de uma existência tão sufocante quanto as caixas que sempre o acompanham no banco de trás. Abrindo com Luciano Cabral,  não perca a cada semana um novo trecho do mais novo folhetim virtual.

Leia os textos do projeto Poliscrito

POLISTÓRIAS

Cinco autores explorando os mais diversos recantos do universo ficcional, aventurando-se entre temas que os farão buscar soluções criativas para fornecer, a cada semana um novo conto para o Poligrafia. O conceito-chave do Polistórias é inovação. A cada mês, criaremos, com a ajuda de nossos leitores, uma proposta de escrita diferente que terá como resultado um conto. As propostas podem variar, desde mudanças de gênero (terror, policial, sci fi) até sugestões drásticas – e divertidas – como restrições na forma (um spin off de um conto famoso, uma história sem utilizar diálogos, uma história centrada em fatos/elementos escolhidos ao azar, desafios do público etc.). Enquanto divulgamos os contos da primeira proposta (5 contos, um para cada autor do blog), preocupamo-nos em escrever os textos do mês seguinte, mantendo sempre contos novos para o assíduo leitor do blog. Sintam-se à vontade para sempre comentar, nos posts relacionados à temática do mês, ideias para serem trabalhadas no mês seguinte. Intrometa-se.

Leia os textos do projeto Polistórias

ALTERGRAFIA

Nem só de nós mesmos viverá o blog. Uma vez por mês, convidaremos um autor (não coloque na palavra o severo peso da arrogância, mas a simples categorização do indivíduo enquanto fazedor de literatura, seja ele profissional, amador, ocasional, etc.) diferente para dividir um pouco de seu trabalho conosco. Se você tem um texto ficcional que queira dividir conosco, envie-o para poligrafiablog@hotmail.com, identificado com nome do autor e título do conto. Aguardamos sua intromissão.

Leia os textos do projeto Altergrafia