O começo da história: a primeira impressão é a que fica

por Luciano Cabral O título deste pequeno texto talvez fale mais para o leitor do que para o escritor. Porque, quase sempre, a primeira frase que lemos não é a que o autor tinha em mente quando pensou sua história. Há começos de histórias que não cativam (embora não signifique que o que virá não cative). MasContinuar lendo “O começo da história: a primeira impressão é a que fica”