Especial “Artes” – Vol. I

Quando voltamos nossos olhos aos dois poemas épicos de Homero, a Ilíada e a Odisseia, percebemos um começo bem semelhante, quase um ritual de abertura: “Canta-me, ó musa”. A invocação das filhas de Zeus com Mnemosine – ao menos em algumas das versões do mito – estabelece o clima solene da epopeia, o que cantaContinuar lendo “Especial “Artes” – Vol. I”