Concursos literários abertos

Vivemos uma época curiosa no meio literário: mais do que nunca, há, hoje, oportunidades para que todos os aspirantes a escritor coloquem suas ideias no papel, divulguem e publiquem. Ao mesmo tempo, o fenômeno dos best-sellers e o fortalecimento das megalivrarias torna nossa época uma das mais cruéis ao novo escritor. Paradoxal a primeira vista, a situação é um ótimo exemplo da liquidez que o sociólogo polonês Zygmunt Bauman vê na sociedade contemporânea.  É difícil ser um escritor hoje justamente por que é fácil ser um escritor hoje. Quando milhares de livros são publicados todos os dias (contando só os de papel) por centenas de pequenas editoras, somos arrastados por uma tsunami de obras que afoga qualquer possibilidade de um critério razoável de escolha. Se fôssemos apenas ler a sinopse de todas essas obras, ao tempo de terminarmos, outras tantas já haveriam sido publicadas. Resultado: terceirizamos nossos critérios, deixando nas mãos dos formadores de opinião o trabalho de selecionar por nós. Indicações de amigos contam, mas o pilar é a vitrine das livrarias de shopping, as obras adaptadas pelo cinema, os escritores que dão entrevista na TV ou que são resenhados por qualquer youtuber de destaque.

Nesse sentido, de quê exatamente vale a publicação da obra (principalmente naquelas modalidades de autopublicação que vem se popularizando)? Quem lê? De que adianta uma tiragem que empoeira em caixas a espera de seu lugar ao sol?

Um bom começo é, talvez, a busca por um (ainda que arbitrário) reconhecimento. A participação de concursos literários é uma prática ótima para aqueles que querem seguir o ramo da escrita. Num mundo de valor quantitativo, medido em likes e views, eles nos oferecem um valor qualitativo, uma leitura menos corrida, uma avaliação que foge à superficialidade do “adorei!”. Ainda possibilitam publicação, muitas das vezes gratuita, um ótimo começo para ver seus textos estampados em um livro.

Separamos, hoje, assim, quatro concursos para aqueles que querem colocar sua literatura à prova. Fizemos uma seleção prévia entre diversos que estão abertos no momento, optando por aqueles que: (I) têm inscrição gratuita e online; (II) são abertos a todo o país; (III) oferecem publicação como possibilidade de prêmio.

3º concurso cultural de microcontos (IFSP): http://microcontosifsp.wixsite.com/ifsp/blank-1

Concurso literário de escritores lourencianos: http://celliteraturaemsaolourencodosul.blogspot.com.br/2016/08/concursos-literarios-do-centro-de.html

Prêmio literário UCCLA: http://www.uccla.pt/sites/default/files/regulamento_premio_literario_uccla_2016_17_.pdf

E por último, o prêmio Mark Wertz, da Millenium Books, está bem interessante. Além de atender aos critérios de facilidade já elencados, esse concurso oferece diversas categorias de participação e diversos benefícios para os ganhadores, como publicação, contrato, noite de entrevistas, adaptação para outras mídias e workshop. Ótima oportunidade:
http://www.markwertz.com/

Ao trabalho!

Concursos Literários I

books concursos literários poligrafia.jpgSe para Emily Dickinson, o desejo de escrever não era necessariamente seguido do desejo de tornar público, para muitos escritores, há algo que importa tanto quanto a invenção de uma boa história: poder publicá-la. É assim que os concursos literários tornam-se locais mais que apropriados para divulgar a escrita criativa. E dois destes concursos estão com inscrições abertas até o fim deste mês para contos, poesias e crônicas.

Um deles é o Prêmio Maria José Maldonado de Literatura, promovido pela Academia Volta-redondense de Letras, na região sul fluminense do Rio de Janeiro. As inscrições vão até 30 de abril. Se você é poeta ou contista, clique aqui e participe. Não há cobrança de taxa. As inscrições são feitas por email e o prêmio é ter seu texto publicado em uma antologia virtual.

O segundo concurso, também com inscrições até 30 de abril, é promovido pela secretaria de cultura do município de Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Neste, além de poetas e contistas, também podem participar cronistas. Sem exigir taxa de inscrição, o prêmio oferece publicação impressa aos vencedores. Se quiser saber mais e participar, clique aqui.

Por hora, estes são os concursos com inscrições até o fim de abril. Em breve, daremos novas notícias.

E não esqueçam de ler, comentar e sugerir no Poligrafia. Intrometa-se!